peruspnc

arusweb06

pp zip sul06

pdm2revisao

turismolazer03

rmonos201901

gfc2019a

estrategia 25

risco incendio

 Penamacor acendeu Madeiro

O Madeiro de Penamacor foi ontem aceso no Largo da Igreja Matriz. Uma multidão juntou-se para comemorar esta tradição

Ontem, no dia 23 de dezembro, pelas 23:59, foi aceso o Madeiro de Penamacor, com uma multidão a assistir ao ato. Este foi o ponto alto do evento, este fim de semana, que está a entrar na reta final. Antes, pelas 21:00, atuou a Banda Filarmónica da Aldeia de João Pires e pouco depois atuou o Saint Dominic’s Gospel Choir, na Praça Vila Madeiro. Pelas 18:00, decorreu a segunda edição da Corrida Noturna Solidária Vila Madeiro. Depois de no ano passado a receita ter revertido a favor das vítimas dos incêndios, este ano, o valor das inscrições reverteu integralmente para os Bombeiros Voluntários de Penamacor. Já na Tenda “Natal na Floresta”, pelas 20:30, teve lugar uma sessão de live cooking, com o conhecido chef Valdir Lubave. O evento termina pelas 17:00 do dia 25 de dezembro. Recorde-se que o primeiro fim de semana do Vila Madeiro foi vivido em ambiente de festa na vila de Penamacor. O momento alto foi o desfile, no sábado, que contou com uma multidão de pessoas a assistir. Foram mais de duas dezenas de tratores que depositaram a lenha que carregavam junto do adro da Igreja Matriz. O evento arrancou na sexta-feira, dia 7 de dezembro, pelas 14:00, com a abertura do Mercado de Natal. Pelas 15:00, coube ao Presidente do Município, António Luís Beites Soares, a inauguração do evento. Nessa noite, atuou o artista Ruizinho de Penacova e a Orquestra Académica Já b'UBI & Tokuskopus - Tuna Masculina da Associação Académica da Universidade da Beira Interior, numa festa que contou também com a atuação de grupos espontâneos, tudo no Recinto de Nossa Senhora do Incenso.
Já no sábado, decorreu o Baile da Malta do Madeiro com o duo Artur e Márcia, na Casa do Povo. No dia 9, domingo, o momento mais esperado foi a atuação do Ensemble de Saxofones da Academia de Música e Dança do Fundão, pelas 17:00. O evento regressou no dia 15, sábado, com o 5º Passeio Equestre/1º Orihorse. Pelas 17:00 do mesmo dia, decorreu o 2º Encontro dos Cantares ao Menino, no Convento de Santo António, com a atuação do Grupo Modas Antigas, do Rancho Folclórico Mondadeiras da Casa Branca, dos Cavaquinhos da Rebordosa e do Rancho Típico de Vila Nova. Finalmente, pelas 21:00, aconteceu o Concerto de Natal dos Alunos do Polo de Penamacor da Academia de Música e Dança do Fundão. Já no dia 16, teve lugar o Passeio Pedestre “Natal na Floresta”, com a plantação de 50 árvores autóctones na Mata Municipal. Pelas 11:00, decorreu o Encontro de Natal de Idosos do Concelho - Natal Sénior. Ainda inseridas no Penamacor Vila Madeiro, decorrem ou decorreram outras atividades, como a Feira do Livro, na Biblioteca Municipal, o 3º Orimadeiro e a habitual festa de natal dos mais pequenos, subordinada à temática Natal na Floresta - Guardiões da Natureza em Festa, que envolveu, no dia 14 de dezembro, alunos do primeiro ciclo e dos jardins de infância do concelho. Durante os três fins de semana em que decorreu o evento houve animação de rua, com atuação de grupos.

qm20186  vmvidsic2 vmvidsic qm20184 qm20182 qm20183 qm20185 qm20181

O Madeiro
Recorde-se o Penamacor Vila Madeiro ganhou fama de ser o maior do país. Todos os anos, com o aproximar do Natal, por todas as freguesias do concelho, os jovens em idade de cumprir o serviço militar unem-se para cortar e transportar os troncos que alimentarão a fogueira para aquecer o Menino Jesus. O grande monte de madeira, depositado no adro da igreja, é ateado ao cair da noite do dia 24, à exceção de Penamacor, que arde de 23 para 24, e mantém-se aceso durante vários dias. Depois da ceia de Natal, a população reúne-se em redor da fogueira, num gesto ritual de fraterno encontro.
Em Penamacor, a chegada do Madeiro tem data marcada e o ato assume foros de festividade. De facto, no dia 8 de dezembro, a população acorre generosamente à rua para saudar o cortejo de tratores e reboques, em número que procura sempre bater o antecedente, onde os jovens do ano, dantes só os rapazes e agora também as raparigas, empoleirados nos troncos, atiram à rebatina os frutos do ramo de laranjeira que a praxe manda trazer, cantando acompanhados à concertina.

tl bt



bm bt45
rcbpenamacor

 

dmp01

dmf20191

concertoprimavera20191

aea pascoa2019a

cs01

mm 01

piscina coberta 2019a

hora do conto12019a

aqui ha cinema12019a

link exposicoes