arusweb06

pp zip sul06

pdm2revisao

turismolazer03

qq

gfc03

recolha monos01

estrategia 25

risco incendio

 Exposição de escultura de artistas internacionais em Penamacor

Os Paços do Concelho de Penamacor têm patente uma exposição de escultura de Nelson Cardoso e Carlos Henrich, no interior e no exterior do edifício. A mostra está em exibição até ao dia 10 de junho

Os Paços do Concelho de Penamacor recebem, até ao dia 10 de junho, uma exposição de escultura de Nelson Cardoso e Carlos Henrich. As peças estão expostas no interior e no exterior do edifício.
“Aqui, podemos encontrar arte e muito trabalho. O público pode tocar, sentir o volume. Escolhemos Penamacor porque fiz a estátua do Lince para cá. Gostei muito da terra. É um local tranquilo e sossegado”, explicou Nelson Cardoso. Já Carlos Henrich acredita que estamos numa época em que há um “reavivar da escultura em pedra”. “As artes estão muito influenciadas pelas tecnologias digitais e têm tido menos atenção à escultura em pedra. Há toda uma nova geração de escultores em Portugal, todos mais ou menos da nossa geração. Acredito que é possível reavivar a escultura e que as gerações futuras tenham novamente interesse por esta arte. A escultura em pedra está de volta”.
Nelson Cardoso nasceu em Ribeirão Preto, no Brasil, e reside em Portugal desde 1980. Formou-se em Escultura no AR.CO - Centro de Arte e Comunicação Visual. Viu o seu trabalho exposto em várias exposições nacionais e internacionais. O escultor recebeu o Prémio Instalação VERA World Fine Art Festival - Lisboa, com o trabalho “Rusga e Vaga - Mundo”, adquirida e exposta em “O Olhar do Colecionador”, no Museu Berardo, em 2015. O artista executou, ainda, as esculturas “O Lince” e “O Tonho da Aldeia”, em 2016 e 2017, respetivamente, em Penamacor. Já Carlos Henrich nasceu na Suíça e vive e trabalha em Lisboa desde 1990. Frequentou o curso de Pintura na Staatliche Akademie der Bildenden Künste, em Karlsruhe, na Alemanha, onde em 88 obteve o grau de “aluno mestre” na mesma área. Paralelamente desenvolveu trabalhos em escultura em Vila Viçosa e Évora. Desde 1988 participa em diversos projetos coletivos com artistas. Carlos Henrich tem visto as suas peças expostas em várias exposições nacionais e internacionais, tendo também recebido vários prémios ao longo da carreira.

expoescultura01 expoescultura02 expoescultura03

14/05/2018

tl bt



bm bt43
rcbpenamacor

 

aquihamusica201800

jp2018a

wod1800

csolidaria 20181

fintercultural2018a

feltro telas 01

visitas guiadas encenadas2018

expo maio2018 01b

link exposicoes