peru

arusweb06

pp zip sul06

pdm2revisao

turismolazer03

qq

gfc03

recolha monos01

estrategia 25

risco incendio

Penamacor apresenta novo mapa turístico na BTL

Penamacor apresentou o novo mapa turístico do concelho, na última sexta-feira, dia 2 de março, na Bolsa de Turismo de Lisboa, onde o município esteve representado pelo segundo ano consecutivo, com stand próprio. Houve, ainda, espaço para uma apresentação da empresa Serramel.
A apresentação decorreu no stand do Turismo do Centro, integrada numa ação de promoção da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB). “A antiga carta turística estava desatualizada, havendo necessidade de apresentar uma nova ferramenta de promoção turística do concelho”, justificava assim a iniciativa, o presidente da Câmara Municipal de Penamacor, António Luís Beites.
Coube à técnica Mariana Vilas Boas dar a conhecer a nova carta turística de Penamacor. O novo mapa apresenta-se como um desdobrável de duas faces, sendo que uma representa a planta da vila com os principais monumentos representativos de Penamacor, com destaque para a zona histórica, onde se localiza o castelo, classificado como Monumento Nacional, e a outra apresenta uma visão integral do território concelhio, na qual são identificados os principais pontos de interesse turístico.
Na ocasião, a responsável lembrou os esforços que o município tem vindo a desenvolver nos domínios da animação e promoção turística, nomeadamente pela projeção de eventos, como o Penamacor Vila Madeiro e a Festa das Varas do Fumeiro, este centrado na freguesia de Aranhas, e invocou os passos já alcançados no percurso traçado pelo município rumo a um turismo sustentável, com a dupla integração do Geopark Narturtejo e da Carta Europeia do Turismo Sustentável, com base nos valores culturais e ambientais que possui abundantemente.
Conheça o novo mapa aqui.

Mel é produto de excelência
Nesta ação, houve ainda espaço para Rita Horgan, responsável de marketing da Serramel — empresa apícola  sedeada em Penamacor e com larga cota no mercado nacional —, dar a conhecer os produtos extraídos a partir da Serra da Malcata, entre os quais estão os melhores méis de urze, rosmaninho e queiró, frequentemente premiados. Rita Horgan explicou que a Malcata é um local “esplêndido” para a produção apícola e um fator importante que influi na qualidade dos produtos Serramel.
Corroborando, o presidente António Luís Beites disse não ter dúvidas de que o mel é um dos produtos mais emblemáticos do concelho, especialmente o da Serra da Malcata, pelas suas características e genuinidade. E acrescentaria:  “Sendo embora suspeito, diria que este é o melhor mel do mundo, produzido por uma das maiores empresas do país”.

btl201801 btl201802 btl201803 btl201804 btl201805 btl201806

 

05/03/2018

tl bt



bm bt43
rcbpenamacor

 

bestw2018

academia explorar e aprender de penamacor01

otempo01

avp01

sao pedro meimoa01

expomemorias01

visitas guiadas encenadas2018

link exposicoes